Palavra Pastoral – A INJUSTIÇA PREVALECE

A injustiça prevalece no mundo desde a queda da humanidade. A justiça é um sonho permanente a ser buscado. A completa justiça somente será feita por Deus.
A injustiça prevalece porque somos imperfeitos, temos limitado conhecimento dos fatos, podemos ser enganados e porque somos pecadores injustos.
A injustiça prevalece porque nós elaboramos leis que são em sua essência, injustas.
A injustiça prevalece quando juízes usam “dois pesos e duas medidas” para julgar o mesmo erro cometido por diferentes pessoas.
A injustiça prevalece quando exigimos o cumprimento rigoroso da lei apenas para os inimigos.
A injustiça prevalece porque há juízes que não possuem um histórico de integridade que os qualifique a ocupar esta função na sociedade.
A injustiça prevalece quando a punição determinada é desproporcional ao crime cometido.
A injustiça prevalece quando a sentença não visa a reparação do erro, mas o objetivo maior é alertar, de forma ameaçadora, os que poderiam cometer semelhante delito.
A injustiça prevalece quando há abuso de autoridade.
A injustiça prevalece quando direitos das minorias são desrespeitados.
A injustiça prevalece quando não há amplo direito de defesa.
A injustiça prevalece quando os ricos e poderosos subornam os juízes.
A injustiça prevalece quando ricos inocentes são condenados apenas por serem ricos.
A injustiça prevalece quando alguém é julgado exclusivamente pela cor de sua pele, raça, origem social ou religião.
A injustiça prevalece quando os “direitos” dos criminosos são superiores aos que procuram fazer o que é correto.
A injustiça prevalece quando votamos pensando mais em nossos privilégios pessoais do que no bem-estar comum da sociedade.
A injustiça prevalece quando não há solidariedade, sensibilidade e generosidade.
A injustiça prevalece quando não há uma busca para minimizar as diferenças sociais através de uma política que facilite a todos as oportunidades de ascensão social.
A injustiça prevalece quando o trabalho executado pelos mais pobres é extremamente desvalorizado e eles são explorados.
A injustiça prevalece quando valorizamos mais a ideologia do que a Bíblia, como fonte de revelação sobre como devemos tratar o nosso próximo.
A injustiça prevalece quando se criam estruturas e agremiações políticas que se tornam centros de incompetência e focos de corrupção.
A injustiça prevalece quando não há zelo na aplicação dos recursos arrecadados com os impostos.
A injustiça prevalece onde prevalece a mentira.
A injustiça prevalece quando se perde a liberdade de opinião e de imprensa.
A injustiça prevalece em ambientes totalitários.
A injustiça prevalece quando nossos líderes não temem a Deus ou o Seu nome é invocado “em vão”.
A injustiça prevalece quando não conseguimos olhar a realidade na perspectiva divina.
A injustiça deixa de prevalecer na medida que somos alcançados pela graça de Deus que muda o nosso coração, visão e ação.

Marcos Vieira Monteiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.