Palavra Pastoral – EXPECTATIVAS

É saudável ter expectativas positivas. É perigoso ter expectativas exageradas.

Viver sem expectativas é viver sem sonhos. Quem vive assim está se candidatando à depressão, à inação ou a ação improdutiva.

É fato que podemos experimentar algumas alegrias e prazer sem um planejamento prévio. A vida às vezes, nos reserva boas surpresas. Porém, quando sonhamos com algo, nos empenhamos em realizá-lo, alcançando o nosso objetivo, o prazer é ainda maior.

O prazer é maior porque nos alegramos durante o tempo em que estamos criando uma boa expectativa e depois quando ela se concretiza.

Creio que uma parte da felicidade que podemos desfrutar nesta vida está intimamente vinculada a realização ou a superação de nossas expectativas. Por outro lado, não podemos depositar a esperança de felicidade em conquistar plenamente os nossos sonhos.

Viver os dias comuns com o coração cheio de gratidão a Deus é fundamental para experimentar a felicidade no dia a dia. Esta postura, porém, não elimina a importância de nutrir boas expectativas realistas.

Nem todos os dias são dias de realização de “grandes sonhos”, mas na maior parte do tempo podemos e devemos cultivar expectativas positivas.

Sonhar em passar num concurso ou no vestibular, estudar e conseguir esta vaga. Planejar uma viagem nos mínimos detalhes e realizá-la. Casar-se com a pessoa que você tem um relacionamento amoroso gratificante. Desejar ter um filho e engravidar. Adquirir a casa própria ou um outro bem que você gostaria muito de possuir. Esperar que os filhos jovens se realizem profissionalmente, que sejam cristãos autênticos e vê-los crescendo em sua carreira e preservando o legado de fé… Creio que expectativas positivas em relação a nós mesmos e às pessoas que amamos, na medida em que vão se concretizando, contribuem efetivamente para a nossa felicidade.

Um atleta que se preparou visando no máximo, a classificação para chegar às quartas de final em uma competição e conquistou uma medalha de bronze, experimenta maior prazer do que o favorito que sonhava em subir no lugar mais alto do pódio e ganhou a medalha de prata.

Acredito que quanto menor é o espaço entre as expectativas que cultivamos e o que conquistamos, dentro da permissão e propósitos de Deus, maior será a nossa felicidade.

Quais são as suas expectativas positivas? Ao longo de sua vida quais você alcançou plenamente? Que boas surpresas você teve ao longo de sua jornada? Ao alcançar determinadas metas, experimentou o prazer que imaginava ter?

A nossa fonte principal de prazer precisa estar em Deus. Nossa maior expectativa deve ser uma vida de comunhão com Ele e discernimento para cumprir os propósitos dEle para nossa vida. Ele nos fez de modo singular, com gostos, desejos e possiblidades singulares. Ele nos criou com a capacidade de sonhar, de planejar e realizar. Ele tem prazer em nos abençoar para que as nossas melhores expectativas se tornem realidade.

Que vivenciemos a felicidade do relacionamento diário com Deus nos dias “comuns”. Que sejamos sábios para sonhar os sonhos que podem ser concretizados e o que Ele planejou para nós. Que a felicidade vinculada a expectativas concretizadas, seja alcançada muitas vezes ao longo de nossa existência na terra.

Que os nossos sonhos e realizações aqui jamais apaguem a esperança do que viveremos no futuro: uma realidade que nossas melhores expectativas não conseguem alcançar.

Marcos Vieira Monteiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.