Palavra Pastoral – ONDE VOCÊ ESTÁ?

Creio que Deus ainda tem designado pastores para cuidar do seu rebanho. Mesmo reconhecendo que em nossos dias muitos não tem honrado este chamado divino, eu conheço dezenas de pastores que permanecem zelosos e amorosos com as suas ovelhas.

Acho importante que você saiba que nós, mais do que nunca, estamos fazendo agora esta pergunta: onde você está?

A pandemia trouxe à igreja dezenas de queridos irmãos que estavam afastados da comunhão cristã. Somos muitíssimo gratos a Deus por estas ovelhas que voltaram ao aprisco. Mas, o nosso coração pastoral aperta quando não sabemos como e onde estão muitas outras atualmente.

Sabemos e entendemos que há aqueles que ainda não voltaram aos cultos e atividades de suas igrejas porque permanecem “trancados em casa”. Frequentemente um idoso de nossa igreja me explica: “Pastor, meus filhos me proibiram de sair para qualquer lugar, até mesmo de ir aos cultos presenciais.”

Há muitos que ainda se encontram extremamente temerosos de deixarem suas casas e por este motivo ainda não voltaram à sua igreja. Pode ser que você esteja neste grupo.

Pode ser que você se encontre ausente dos cultos presenciais de sua igreja, mas tenha conseguido cultivar a sua vida de oração, meditação, esteja acompanhando os cultos pela internet e continue firme na fé.

Pode ser que este tempo de pandemia, longe da comunhão e do serviço cristão, tenha levado você ao completo desânimo espiritual.

Pode ser ainda, que o contato com outros pregadores e ambientes de culto pelo Youtube o estejam conduzindo ao afastamento de sua igreja e levado a buscar uma nova comunidade de fé para congregar-se.

Pode ser que haja hoje um sentimento misto em seu coração: por um lado sente falta de estar com os irmãos, por outro, está experimentando uma acomodação espiritual que o leva a contentar-se em participar dos cultos somente pela internet.

Pode ser que você esteja saudável fisicamente, voltou até mesmo ao seu trabalho presencial, mas está abatido, deprimido, desanimado “com tudo”, ferido, enlutado, cansado…

Quando o rebanho é grande, é impossível para nós, pastores, conseguirmos nos conectar com cada ovelha que Deus nos confiou. Esta situação nos traz sofrimento.

Gostaria muito de poder falar com cada uma das ovelhas afastadas pessoalmente e lhes perguntar: “Onde está você meu filho, minha filha? Como está o seu coração e sua fé?”

Nós, pastores, de fato, não sabemos onde muitos de vocês estão. Aguardamos ansiosamente notícias suas. Queremos ajudá-lo a superar suas dificuldades. Desejamos orar por você. Visitá-lo, quando você se sentir seguro para nos receber. Atendê-lo pessoal ou virtualmente, como você preferir.

É claro que nem sempre conseguiremos fazer tudo isso imediatamente. Mas, estamos esperando o seu contato. O seu “sinal verde” para nos encontrarmos. Peço que se coloque em um lugar onde possamos achá-lo. Deus nos chamou para ajudá-lo a seguir o nosso Bom Pastor. Facilite nossa busca.

Volte para a “casa do Pai”. Estaremos sempre de braços abertos para recebê-lo.

Marcos Vieira Monteiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.